Alguem que sonha

Alguem que sonha
Eu

sábado, 10 de setembro de 2016

Véus da Arte


Tecer todos os desejos
sobre os véus da poesia.
Para que depois,
possa despi-las uma-à-uma e
aos ventos, delicadamente sopra-las.
Trazendo sobre a carne
o fogo de amar-te sem limites.
Sem pecados ...
Uma haste, uma rosa em chamas,
pétalas desfolhadas vertendo suas águas.
Oh, vertigem - fruto da mente - criação.
Oh, viajem da arte!
Geane Masago
09-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário